Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

# um dia de sol magnífico lá fora ( feat. Susumu Yokota)

14.11.18 | marina malheiro

13 de novembro. um dia de sol magnífico lá fora. um dia de outono bom. lá dentro há trânsito, não se consegue estacionar- há cada vez mais carros, há cada vez mais gente, vinda de todo o país, há cada vez mais doentes. explicam-me que isso se deve ao aumento da esperança de vida no país.

um dia de sol magnífico lá fora. naquela sala de um hospital de dia estão 10 pessoas, homens e mulheres. dentro do grupo das mulheres há rapariguinhas. dormem e estão ali com extrema serenidade e dignidade. a cor da pele está amarelada nalguns, a falta de cabelo está tapada por lenços na cabeça. um senhor não consegue sossegar , as pernas agitam-se, ganham vida, para além do tratamento, levam-no para as urgências.

um dia de sol magnífico lá fora. os enfermeiros cumprem rigorosamente o seu papel e são de uma simpatia extrema. dão colo aos doentes, tantos que diariamente habitam aquela sala do hospital de dia. último tratamento, dizem-lhe. aproveite. oxalá. 

os médicos deste hospital têm de ter um arcaboiço tremendo, penso., mesmo que automatizem tudo, mesmo que pareçam estranhamente frios e simpáticos.

um dia de sol magnífico lá fora. a vida é muito injusta, penso e mesmo com o prémio Nobel dos investigadores que criaram um tratamento inovador, ainda caro, denominado Imunoterapia, há ainda muito a fazer; a Ciência ainda tem muito para explicar.

música- Susumu Yokota,Symbol, 2004 ( all rights reserved to Susumu Yokota)

[ à equipa de Hematologia do IPO de Lisboa, ao Hospital de dia 1 e 2]

[ à minha aluna K., a A., a Evelyn e José MD., in memoriam]

[ à minha mãe]

@mmalheiro