Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

# Reverter o encerrar de um país ( feat. The Smiths)

30.11.15 | marina malheiro

 

 

22a8c68a86b5dd2e29b9aa5c687c6026.jpg

                                        

Estúdio Horácio Novais - Ardina, Lisboa, Portugal, 1930-1980 [Street vendor of newspapers, Lisbon, Portugal, 1930-1980] From Biblioteca de Arte / Art Library Fundação Calouste Gulbenkian ( via Pinterest).

 

Há poucos anos ergueu-se ,numa zona antiga de fábricas em Alcântara, um espaço que revitalizou postos de trabalho e edifícios.

Mantém-se esse espaço como zona comercial alternativa.

Num desses edifícios onde outrora era impresso o Totobola, e outros jogos, e o jornal "Público" ( inicialmente), funcionou a Mirandela.

Hoje é a Ler Devagar. No topo do edifício lá está a máquina gigante que imprimia sortes de outros e caixas altas e baixas de um jornal em início de vida.

No dia em que me relatavam mais uma vez a história da escola Afonso Domingues que foi extinta por ordem superior e cujo edifício se degrada cada vez mais,  e levou à extinção dos postos de trabalho dos docentes que aí trabalhavam e tiveram de ser reintegrados noutras escolas, leio que 2 jornais vão extinguir postos de trabalho ou mesmo encerrar.

Lembro-me, então, dos saudosos "Diário de Lisboa" e "Diário Popular" que também fecharam portas.

Educação e Cultura podem convergir-  há milhares de jovens leitores à espera de "caixas altas" e "baixas"ou "breves", de muita leitura e escrita prática.

Se neste momento se pensa em implementar a divulgação / educação da CRP nas Escolas, numa prática excelente da chamada "Educação para a Democracia" , também se pode educar para a Cultura .

Reverta-se, deste modo, o lento encerrar do país.

@mmalheiro