Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

#Everness (Borges)

16.03.18 | marina malheiro

93cafd240c29dded105d24809d2abd99.jpg

Av. da Liberdade, 1937 in Pinterest

 

Só uma coisa não há. O esquecimento.

Deus, que salva o metal, salvou a escória

E grava na profética memória

As luas a brilhar cada momento.

Já tudo existe. Os milhares de reflexos

que entre os dois crepúsculos do dia

Teu rosto foi deixando entre os convexos

Espelhos e os que deixar nessa alquimia.

E tudo é uma parcela do diverso

Cristal dessa memória, o universo;

Não têm fim seus árduos corredores

E suas portas fecham-se ao teu passo;

Verás só do outro lado do ocaso

Belos Arquétipos e os Esplendores.

 

Jorge Luís Borges

[ ainda bem que há poetas com palavras , já que as minhas não saem agora]

ao meu pai.

 

@mmalheiro