Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://jazzística.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzística.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

#851 - mercado de banalidades

08.03.13 | marina malheiro


Beach House, WISHES, 2013


lentamente foi-se tornando um mercado. de banalidades.


de frases esmagadas em sentidos, vazias para todos.


mesmo que se emitissem sons de descontentamento, no mercado apregoava-se a melhor banalidade que custaria a vida, o trabalho, o futuro dos filhos, o futuro dos netos.


dominava a arrogância e  apregoava-se o servilismo. lá longe, cada vez mais, as noções de justiça, de igualdade, de sociedade.


lentamente  os fios de prumo, estruturas humanas, passaram a algarismos numa economia débil de afectos.


@marinamalheiro