Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

#784- Torga & The Smiths

21.10.12 | marina malheiro
The Smiths, The death of a disco dancer, 1987 in "Strangeways, here we come"
"Das coisas tristes que o mundo tem, são os homens sem pé no seu tempo. Os desgraçados que aparecem assim, cedo de mais ou tarde de mais, lembram-me na vida terras de ninguém, onde não há paz possível. Imagine-se a dramática situação dum cavernícola transportado aos dias de hoje, ou vice-versa. A cada época corresponde um certo tipo humano. Um tipo humano intransponível, feito da unidade possível em tal ocasião, moldado psicològicamente, e fisiològicamente até, pelas forças que o rodeiam. (..)
O homem que o nosso século pede não é o que lê, o que se aprofunda a cavar em si.
É um ser biológico perfeito, no sentido corpóreo e psíquico duma abelha.
A natureza dos favos é variável, claro está, conforme as necessidades de cada hora. Há pouco tempo ainda era um simples e inofensivo automóvel; neste momento o casulo é um tanque ou um avião. Por isso, a que propósito seria qualquer céptico em matéria de parafusos um representante actual da nossa civilização?"

Miguel Torga in Diário, 1942

Sempre a(c)tual 70 anos depois
@marinamalheiro