Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

# Uma begónia na mala da minha mãe

16.06.22 | marina malheiro
(Fotografia de monique.m.kreutzer)
 

22e3c4fda572957eaac02efe211e991b.jpg

Ali, naquela mala grande, guardaste as tuas memórias;

o casamento, os filhos, os baptizados, a nossa infância, festas passadas e também a roupa dele, que aí está contigo.

Quando a porta hoje se fechou, já não estavas lá para dizer "até logo, filha" mas estavas toda tu naquela mala grande, herança absoluta, maior do que toda a materialidade, maior do que o espólio da tua biblioteca, dos teus textos. Uma begónia ou as tuas orquídeas que lutam contra o tempo, resilientes, em tua homenagem,  estão aqui , tal como tu, sempre cá dentro e quem sabe, vislumbrando o quintal onde planto saudades e amor.

@mmalheiro

aos meus pais, in memoriam

 

 

# Dança dos pássaros - feat. António Pinho Vargas

05.06.22 | marina malheiro

 

Tornar a escutar este tema, em dias de "pousio obrigado pelo C.19".

Até as alfaces crescem melhor. 

 ( todos os direitos reservados a António Pinho Vargas, Álbum "Cores e Aromas", 1985, no Youtube pela Parlophone Portugal)

Obrigada a quem segue este Blog .

@mmalheiro

 

 

#Quis plantar a saudade no quintal

04.06.22 | marina malheiro

Quis plantar a saudade no quintal,

No meio das túlipas, das hortênsias, dos antúrios,

das petúnias 

E da tua orquídea, mãe, 

que cuidavas com amor e medrava.

Quis plantar a saudade no quintal ,para te guardar ali no meio das flores, como guardo cá dentro.

Às vezes rego-as com as minhas lágrimas e sonho com um afago no cabelo.

Não faz mal ter saudades, diz o mais tenro raminho da família, com toda a sabedoria num metro de gente.

Às vezes basta uma palavra de uma criança para nos dar alento, em dias de pousio.

@mmalheiro