Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

# Do manifesto de ternura ( feat. Maria Rita)

21.08.18 | marina malheiro

3a19e8a99c8162ad148a0c001cc70fd9.jpg

Foto in Pinterest

[ os dias passam velozes e uma ternurinha tenta erguer-se ,  tenta caminhar pelos seus próprios pés.

a amparar a ternurinha estamos todos nós. talvez em apreço, inclina a cabecinha e sorri com os olhos marotos. as tristes tempestades desvanecem-se . o meu pequeno jovem é todo doçura ao quadrado. nós somos todos gratidão.]

ao meu filho David, 9 meses de ternura linda

música Maria Rita ( todos os direitos reservados a Maria Rita)

@mmalheiro

 

 

 

# Dos corações ( feat. Abel Korzeniovski)

18.08.18 | marina malheiro

2bea4e33168aedfee5977b5f4ef30be0.jpg

ilustração livre de direitos de autor via Pinterest

[ descobri há pouco tempo que os carros tal como os corações humanos têm árvores que pulsam.

o pulsar de cada um, é mesmo isso, individual e variável. somos, portanto, modelos de Ford-T com as suas idiossincrasias. tal como a condução numa grande estrada , o nosso caminho pode seguir um mapa , um GPS certinho, ou  ser puramente instintivo. sabe-se a direção que se deve tomar em direção aos outros.

dar é ,no entanto, cada vez mais para alguns corações indiferentes, penoso como um motor que se arrasta, débil.  há muita oficina pela frente. [ "Os grandes abismos dos mares são-nos totalmente desconhecidos. A sonda ainda não os conseguiu atingir.Ou conhecemos todas as espécies de seres que habitam o nosso planeta ou não conhecemos".] (1)

(1) in Vinte Mil Léguas Submarinas , Júlio Verne, 1869

Música Abel Korzeniovski ( Ethan's waltz)- all rights reserved to Abel Korzeniovski

@mmalheiro

 

 

 

# Das personagens e da realidade ( feat. J.Verne & Alicia Keys)

09.08.18 | marina malheiro

17f7b4124ed46365956d30cc668ba41b.jpg

Imagem via Pinterest

Cruzam-se connosco por circunstâncias várias , personagens que facilmente seriam de uma novela russa, dobrando a roupa como se dobrassem sentimentos , ocultando verdades. "Dá uma história", pensamos. Outras deixamo-las, para sempre, numa caixa de pandora.

Felizmente há muitas que transparecem em beleza aquilo que são.

Detemo-nos, então, na escrita dos outros, na maravilhosa capacidade de transfigurar o sentir e  o imaginar transportando-nos para esse mundo único. 

149 anos depois da primeira publicação e 31 anos depois da primeira leitura eis-me de novo , no tomo I desta beleza :

" (...) O Escócia não havia abalroado, mas tinha sido abalroado e por um instrumento mais cortante ou perfurante do que contudente. A pancada havia sido tão leve que ninguém a bordo se preocuparia se não fossem os gritos dos marinheiros do porão , que subiram ao convés gritando:

-Afundamo-nos! Afundamo-nos!

A princípio, os passageiros ficaram muito assustados, mas o capitão Anderson apressou-se a tranquilizá-los, explicando-lhes que o perigo não podia ser iminente. O Escócia , dividido em sete compartimentos estanques,estava preparado para enfrentar impunemente um rombo no casco."

Vinte Mil Léguas Submarinas, Júlio Verne, 1869, Amigos do Livro Editores, Tradução revista por F.Romão

Tal como o capitão Anderson muitas vezes deparamo-nos com navios a afundar em nós e a termos de parar , para verificarmos a extensão da avaria e prosseguirmos sozinhos  a viagem, muito dura e difícil, numa doca seca, atravessando o belo mar.

[à minha amiga Carla Laranjo, com amizade]

@mmalheiro

( música - all rights reserved to Alicia Keys)

# Sam Shepard- the one inside ( feat. Caetano Veloso)

06.08.18 | marina malheiro

eaf89074caa7225e4749561377a7646a.jpg

Sam Shepard - foto in pinterest

Quis o puro acaso que encontrasse numa livraria em Barcelona, no bairro das artes, o The one inside de Sam Shepard, editado antes da sua morte, ainda em 2017, numa edição da Vintage Books. Creio que ainda não está editado em Portugal, apenas traduzido para português do Brasil como  Aqui de dentro. Seguir-se-á "The spy of the first person" , obra póstuma de Shepard. 

Julgo que os criadores têm a noção de que a " realidade é sobrevalorizada" e é preciso pensar para além do linearzinho. Era mais ou menos isto que o dramaturgo Arthur Miller dizia no documentário realizado pela sua filha Rebecca Miller que passou há dias num canal televisivo.

No prefácio de The one inside   Patti Smith escreve " Realiy is overrated. What remains are the words scrawled upon an unwinding panorama, vestiges of dusty stills peeled from memory (...) The one inside is a coakescing atlas , marked by the boot heels of one who instinctively tramps, with open eyes, the streches of its unearthly roads."

Não sei se Patti Smith alguma vez escutou maravilhada ( pois é magnífico) o grande Caetano- Reality is overrated, music is never overrated .

( all rights reserved to Ms. Patti Smith and Mr. Caetano Veloso )

- ao meu pai.

@mmalheiro

 

# Da autenticidade e da maravilha da música- Caetano e filhos

02.08.18 | marina malheiro

IMG_20180801_235151.jpg

foto @mmalheiro 1/08/2018

[ ontem , um Coliseu dos Recreios cheio ( literalmente até ao teto) assistiu a um espetáculo único. o adjetivo não é aqui usado em vão. a singularidade deste concerto de Caetano Veloso e três dos seus filhos, Tom, Zeca e Moreno, prende-se a algo raro nos tempos que correm - a autenticidade , a pura transparência dos 4, despojados de caprichos de artista, despojados de um alinhamento certinho e vendável.

Caetano e os filhos provaram que é possível transmitir uma energia única, a do amor e do despojamento, a da beleza , por meio da música. 

ontem , mais uma vez dançámos todos isto. ]

ao ZT, com amor.

@mmalheiro