Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

# Comer as gotas da chuva

29.07.18 | marina malheiro

3c8f8298731d86ed70204332072bad08.gif

Hoje numa formação de desenvolvimento pessoal perguntava-se que conselho daríamos a um recém nascido. Ser um permanente guardador de rebanhos pessoano, deleitando-se com a eterna maravilha do mundo, podia ser a resposta. 

No entanto, as crianças têm as respostas mais belas e puras - " não gosto de calor. gosto de frio e de chuva. chuva porque eu e os meus amigos comemos as gotas que caem do céu". [ comer gotas de chuva]

ao Xavier, com um beijinho.

música - Feist ( 2018) all rights reserved-

 

# No mundo da escrita ( feat. Cocteau Twins)

17.07.18 | marina malheiro

704f1baf7ba94aa4e34c44512ef55abb.jpg

Kristy Copyright and All Rights Reserved by the Artist*- À venda em etsy.com

Blog- flyingshoesstudio.blogspot.com

 

[ descobri hoje uma palavra nova. estamos todos os dias a aprender.

ao ler uma entrevista ao músico David Byrne fiquei a saber que é um polímata, ou seja, alguém que aprendeu muito, não se restringindo a uma única área.

no fundo, é um ser com atividade polivalente com conhecimentos cognitivos alargados. aquilo que outrora se poderia designar de sábio, erudito. o que diria Júlio Verne sobre isto se fosse vivo? os escritores ( os bons) são / foram todos interessados pela vida que os rodeava, interessaram-se em saber mais despreocupadamente ou não.

confesso que chamar aos meus amigos e colegas ,que são especializados em tudo e mais alguma coisa , de polímatas soa-me a algo "estranho" mas admito que nos meios empresariais se possa "entranhar" como o célebre slogan de Fernando Pessoa "primeiro estranha-se, depois entranha-se".

esperemos que não se entranhe muito para que não ouçamos " o X é um polímata de nível 10 " ou "o Y é um obtuso de nível 1" como se isto fosse um taylorismo intelectual, acrítico e sem piada nenhuma. ]

@mmalheiro

" (...) eu amo escrever. Todos sentimos diferentes emoções e desejos que não podemos revelar , porque somos constrangidos pela realidade e pela racionalidade. Penso que escrever beneficia a saúde psicológica e pode mudar totalmente a vida de alguém." Yu Hua, China em dez palavras, Relógio D'Água, 2018

ao João Semedo

( all rights reserved to Cocteau Twins)

# Dos trevos de quatro folhas ( feat. Les Choristes )

14.07.18 | marina malheiro

06ffa9ae37feab58fd0a7f32a8b16902.jpg

Foto via Pinterest.

[ há quem colecione trevos de quatro folhas como quem coleciona selos ou música. guardar a sorte na carteira, como se isso fosse possível, infelizmente. às vezes os melhores, os bons, têm um péssimo trevo nas mãos. por que motivo? ainda não percebi.

aos meus partilho estes trevos de quatro folhas para que tenham toda a sorte do mundo em saúde e sorrisos.

à minha querida Conceição. 

[ todos os direitos reservados a Pan Od Muzki]

@mmalheiro

# A utopia de David Byrne

12.07.18 | marina malheiro

David Byrne em Cascais, ontem. autoria do vídeo de Serendipismos (Youtube)

Há muito tempo que os meus pés não dançavam. Ontem, David Byrne conseguiu no seu espetáculo-concerto transportar-nos para a ideia de que a "dança é vida". Foi isso que milhares fizeram. Dançaram livremente, acompanhando o seu ritmo frenético.

Mas, para além disso, subjacente à dança estava a mensagem social e política "votem sempre, por favor"!

[para aprender a dançar com David Byrne- escute Here ( 2018- all rights reserved to David Byrne).

Siga a partir de hoje o Jazzística no Instagram.

# Da meditação e do resgate

10.07.18 | marina malheiro

fc7187c57284d9719cdfb2b15f8bf242.gif

Foram resgatados com sucesso os 12 miúdos e o seu treinador das grutas de uma montanha no norte da Tailândia.

No meio de tantas notícias que grassam pelos dias fora, por que motivo esta é sensacional?

Primeiro porque segundo peritos foi um salvamento histórico - nunca antes tentado- envolvendo centenas de voluntários de vários países,  tecnologia israelita para descobrir a  equipa de futebol  , mergulhadores  da marinha tailandesa altamente especializados,  mergulhadores internacionais, um médico anestesista mergulhador australiano e um treinador de futebol que foi monge budista. 

Depois a entreajuda, a estratégia, o bom planeamento , o voluntarismo, a atitude pacífica e a meditação contribuiram para que todos estejam "sãos e salvos". Um mergulhador herói perdeu a vida ao fornecer oxigénio aos jovens.

Tudo se poderia resumir a isto [ OM MANI PADME HUM]

@mmalheiro

# Dias de abordagem resiliente

08.07.18 | marina malheiro

No momento em que escrevo estão ainda numa gruta na Tailândia , "presas", à espera de salvamento, 9 pessoas: 8 crianças e o seu treinador. Espero sinceramente que todos se salvem desta situação terrível, que os bravos mergulhadores cumpram com sucesso a sua missão.

Este caso , para além do grau de perícia, de tática, de mergulho, de gestão de crise, é um caso de resiliência, da chamada abordagem resiliente ( 2000) na qual foram mapeados modelos de crenças determinantes, procurando-se compreender  o tipo de superação de uma pessoa ou de um grupo perante uma situação de adversidade.

Medir a resiliência é possível de acordo com Sabagg (2011) de acordo com nove fatores: autoeficácia, solução de problemas, temperança, empatia, proatividade, competência social, tenacidade, optimismo, flexibilidade mental.

Em 2010 , na Tailândia, um milhão de crianças cantou pela paz no mundo.

@mmalheiro

# Do poder das palavras nas relações humanas - (feat. Isabel Silvestre- Asa Branca)

04.07.18 | marina malheiro

77f9ccf455eebfbe9eff65b171753877.gif

Natalia Osipova em  Don Quixote ( 2010)

No exame nacional de Português do 12º ano (2018- 1ª fase) no grupo III pedia-se uma perspetiva pessoal sobre o poder das palavras nas relações humanas. Este tema dá muito "pano para mangas", muita escrita argumentativa, muitas palavras sobre a sociedade, o mundo e os outros na época das redes sociais, das sms, do What'sApp, do twitter,do Instagram.

Em que medida gastamos as palavras ou dizemos palavras a mais nas relações humanas e isso traz consequências permanentes ? Às vezes as palavras com prefixos de negação ( infelizmente) ou advérbios de negação não permitem um retrocesso a uma realidade mais colorida, mais feliz.

O excesso de informação, o excesso de palavreado cansa e provavelmente nada traz de novo. A poupança linguística e informativa urge para que se possa selecionar / escolher as palavras verdadeiramente importantes, com essência, como "abraço", por exemplo.

A música é a par com a literatura, uma arte com palavras dentro. Une pessoas de todas as etnias, credos, movimentos políticos, géneros, países. Talvez, por isso, o fado seja escutado com atenção no Japão, mesmo que não percebam uma única palavra de português.

Escute, aqui, uma versão excelente de "Asa Branca" ( encontra aqui neste Blog, a versão de David Byrne) cantada pela magnífica Isabel Silvestre. ( todos os direitos reservados a Isabel Silvestre).

Sempre existiram drogas mais potentes, mais calmantes, mais tranquilizantes, mais alucinógenas do que todas as drogas da farmacopéia antiga e da farmacologia moderna. Essas miracle-drugs, essas drogas-milagre são as palavras.]

Pitigrilli

@mmalheiro