Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

#Dos amores da vida ( feat. Camel)

31.07.17 | marina malheiro

Camel, Lady Fantasy, 1974 (Mirage)

Os amores da vida são quem transportamos no ventre,  aqueles pelos quais acordamos a meio da noite quando têm pesadelos, a quem damos a mão pela primeira vez e todas as vezes enquanto a mão for ainda nossa, a quem respondemos o que é a morte, a separação, o amor, os dias, as perdas e os ganhos no crescimento diário. Os amores da vida, os filhos, fazem-nos melhores. Gente melhor.

Ao meu pequeno poema e ao Manel.

@mmarina

# Língua Franca ( feat. "Amigos")

16.07.17 | marina malheiro

6cffca81986436bfa60f83a18c95bf9d (1).jpg

Winslow Homer, Boys wading, 1873, via Pinterest

 Escute aqui através da língua franca mais universal, a música, os excelentes músicos portugueses e brasileiros, os

Língua Franca que são muito "à pampa"e têm muita "atitude", e que foram um sucesso no SBSR 2017.

( todos os direitos reservados aos Língua Franca).

@mmalheiro

#No surprises ( feat. Radiohead in Ok Computer)

05.07.17 | marina malheiro

 

 

 

 

 

 

 

3f06d6370c2bee910ba1c0d898cd66b2.jpg

Imagem da Construção da Ponte 25 de Abril

(Imagem via Pinterest)

Até  ao dia 17 de junho , o país viveu numa bolha de ilusão parecendo que todos os setores do Estado estavam a funcionar perfeitamente, até ao dia 17 de junho , um dia trágico para 64 pessoas e para os familiares e amigos que as perderam em Pedrógão Grande.

Fosse ou não um fenómeno de "downbursting" ou incêndio convectivo, para qualquer leigo o que ressalta é que os meios não estavam preparados para uma situação de emergência , não estavam preparados para uma resposta imediata e eficaz. Tal como há dias  em que tudo estava em modo "entrada livre" ,sem vigilância, em Tancos. 

Portanto, há ainda muito para construir e organizar ,de forma precisa, ao detalhe, em Portugal, para que não nos equiparem a um país terceiro-mundista pelos piores motivos, sem surpresas.

"Arte sincera, política sincera, amor sincero... E o que isto é, explicado por um dicionário! O sábio que disse que os músculos da laringe é que pensavam, disse bem. São eles, na verdade, que pensam e articulam as palavras. O pior é o que permanece inexprimível na alma de cada um.", Miguel Torga, 1948

Radiohead, No surprises in Ok Computer (1997) ( all rights reserved to Radiohead)

@MMALHEIRO