Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

Chuva miudinha

29.06.11 | marina malheiro

Sakamoto, Merry Christmas Mr Lawrence

 

 

às vezes corre uma chuva miudinha em ti

tu és corpo e alma molhados

nos tempos largos,

estreitos agora como portas mal construídas

 

às vezes passas tu a ser chuva

nos momentos inesperados

das horas pensadas certas

 

depois serás corpo e alma em sol nascente

correndo em ti o calor da vida

o sorriso do magnífico filho

as mãos dos pais e dos irmãos

os abraços dos amigos

 

 

A todos aqueles que nos/ vos morreram ,  e que guardados ficam cá dentro. sempre.

 

A L. , amigo e colega que partiu há anos, cedo demais, num acidente de viação

 

@marinamalheiro20110629

 

Criando silêncio

27.06.11 | marina malheiro

" (...)A luz entrava pelas janelas e pousava nas fotografias dele e no poema que éramos nós sentados perto um do outro uma última vez. O Robert a morrer: criando silêncio. Eu, destinada a viver, ouvindo atentamente um silêncio que demoraria uma vida inteira a exprimir"

 

Patti Smith, Apenas miúdos, Quetzal, 2011, p. 326

 

 

 

 

(Patti Smith & Lizzy Mercier Desclouxdressed up as Arthur Rimbault and Isabelle, Rimbault’s sister… NYC 1977 by Michel Esteban. ( todos os direitos reservados a Michel Esteban)

 

via fuckyeahpattismith.tumblr.com

 

 

 

 

Criando silêncio após ler Patti

 

 

@marinamalheiro20110627

 

 

Estrela azul & Patti Smith

25.06.11 | marina malheiro

 

 

"A horseshoe-shaped cloud of gas is all that remains of a massive star that exploded 3,000 years ago in the Large Magellanic Cloud. This supernova remnanat, N132D, floats in a sea of stars.
Credit: Hubble" Via Stars and Constellations (v/Facebook)
 
"Fazíamos passeios à noite. Por vezes avistávamos Vénus por cima de nós. Era a estrela do pastor e a estrela do amor. O Robert  chamava-lhe a nossa estrela azul. Andava a praticar caligrafar o t de Robert com uma estrela, e assinava a azul para que eu me lembrasse".
 
in Smith, Patti, Apenas miúdos, Quetzal, (2011) p.63
 

 

 

Patti Smith, Birdland

 

@marinamalheiro

olhar em flor

25.06.11 | marina malheiro
* Foto minha ( Março de 2011)

"Às vezes
A vida que olha através dos meus olhos
E freme em palavras através da minha boca
E me impele como ao resto dos homens,
Esquiva-se, e fico atónito (...)".

Herberto Hélder in "Juventude Virgem", As magias, Assírio e Alvim, 2010, p. 57

olhar em flor

25.06.11 | marina malheiro
* Foto minha ( Março de 2011)

"Às vezes
A vida que olha através dos meus olhos
E freme em palavras através da minha boca
E me impele como ao resto dos homens,
Esquiva-se, e fico atónito (...)".

Herberto Hélder in "Juventude Virgem", As magias, Assírio e Alvim, 2010, p. 57

Primeiro olhar

23.06.11 | marina malheiro
A vida é um olhar de luz e sombra, faz-se a preto e branco ou a cores. Este é o primeiro olhar de muitos que publicarei neste blog, frutos do acaso, em horas de sorte.
( foto minha disponível in www.olhares.com /mimalheiro)

Primeiro olhar

23.06.11 | marina malheiro
A vida é um olhar de luz e sombra, faz-se a preto e branco ou a cores. Este é o primeiro olhar de muitos que publicarei neste blog, frutos do acaso, em horas de sorte.
( foto minha disponível in www.olhares.com /mimalheiro)

Easy Ride & Fade Out

23.06.11 | marina malheiro
 
The Doors, Easy Ride, (Álbum Soft Parade)
 
 
 
 
 

 

Este Blog vai entrar em pausa por uns tempos , no entanto, todas as músicas e post, estarão disponíveis. Até ao próximo post!

 

_____________________________________________________FADE OUT_____________________________________________

 

@marinamalheiro

Pág. 1/4