Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://jazzística.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzística.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

#September song

04.12.10 | marina malheiro

 

Django Reinhardt, versão do original de Weill (September song)

 

Caem as folhas em Dezembro como se tivessemos Setembro na alma cigana.

@marinamalheiro20101204

 

Django Reinhardt foi um dos melhores guitarristas de jazz de todos os tempos,era belga de origem cigana. 

Foi o introdutor do jazz cigano e é considerado o pai do Jazz na Europa.

September song é um original de Kurt Weill e Maxwell Anderson para o musical Knickerbocker Holiday de 1938. Existem várias versões gravadas por cantores e instrumentistas, uma dos quais, a de  Django Reinhardt.

Um site para guardar http://www.jazzpartout.com/jazzmanouche/ e conhecer mais sobre Django e os seus sucessores.

Riso

04.12.10 | marina malheiro

 

Frank Sinatra e Ella Fitzgerald, The lady is a tramp, 1968

 

Solto o riso

por sobre os espaços que negrejam na inquietude

em forma de canção

 em melodia descompassada e livre

no jazzismo do momento.

@marinamalheiro20101203

 

The Lady is a tramp é um original de Rodgers e Hart do musical "Babes in arms"(1937), representando uma paródia à alta sociedade de Nova Iorque e à sua etiqueta. Existem várias versões, uma das quais o dueto entre Sinatra e Ella.

 

Dança

02.12.10 | marina malheiro

Papercutz, Do outro lado do espelho, 2010 ( Taylor Deupree remix)

 

Lentamente surge a dança na solidão dos espaços,

no encontro dos corpos,

das gentes,

por entre os sorrisos,

as caras fechadas

aos sonhos

ao paraíso,

 surge a dança do Caminho na endurance diária

em passos de plié

nas sapatilhas de pontas.

@marinamalheiro2010122 ( Todos os direitos reservados)

Love me or Leave me

01.12.10 | marina malheiro

Nina Simone, Love me or Leave me in Litle Girl Blue ( 1958)

 

Na dicotomia da Vida

o amor ou o abandono

estão nas palmas das mãos,

 sentidas decisões,

insucessos construídos

nas fráguas das almas

como finas expiações

ou ilusões do instante.

 

@marinamalheiro20101201

 

A canção "Love me or Leave me" de Walter Donaldson e Gus Kahn (1928) foi inicialmente apresentada numa peça da Broadway chamada Whoopee!. A versão original foi cantada por Ruth Etting em 1930, existindo várias versões, uma das quais a de Nina Simone.

 

Pág. 5/5