Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

#1127- Da Fome

14.04.14 | marina malheiro

40 anos depois do 25 de Abril há Fome, há Desemprego, há Insolvência, em Portugal. E há cortes permanentes sempre para os mesmos, em clara desigualdade social e inconstitucionalidade.

 

Claro que há sempre aqueles que passam por entre os pingos da chuva e cujos processos judiciais prescrevem...

 

Esta é a notícia mais importante do dia de hoje, que se atente bem ao que se está a fazer social e economicamente, num país que está cada vez mais à deriva... Onde está Abril?

escrito em Novembro de 2011, este poema. 

no meio das migalhas
somam o parco trabalho
mastigam e engolem sacrifícios
dissipam sonhos de filhos e de vidas
enganam a tristeza em fiadas de sorrisos
ganham balanço e estrutura para uma nova construção
consomem-se em aflições
mastigam e engolem
para a frente é a estrada
longa e difícil
injusta,
decidida por outros,
com o Poder nas mãos,
mastigam e engolem.
Já escasseiam as migalhas
e as mãos , pedintes e envergonhadas,
abrem-se agora.
Marina Malheiro
14/11/2011

 

The Vaselines, Jesus wants me for a sunbeam

@marinamalheiro