Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

http://jazzistica.blogs.sapo.pt

Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia

# Em movimento ( Sacks & José Gonzalez)

06.08.19 | marina malheiro | comentar
  num Verão morno sigo as palavras de Oliver Sacks no seu Em movimento (2015): a vida de Sacks foi  ,sobretudo, um movimento em torno da investigação neurológica, da escrita, e da vivência pura e simples ao ritmo de braçadas de natação, ou ao ritmo da sua Harley (...)

# Dos planos de fundo ( feat. RARA)

11.07.19 | marina malheiro | comentar
Pintura de John Morris, "Summer reflections" ( all rights reserved to John Morris) [ apercebemo-nos ,sem querer, da dimensão grandiosa de muitos que nos rodeiam. mais grandiosa ainda por não ser exibida diariamente no meio do plano de fundo onde nos inserimos.] mmalheiro "Par (...)

International - feat. OMD

11.06.19 | marina malheiro | comentar
uma cópia velhinha deste autocolante deve estar numa caixa que guardo algures, com memórias da minha infância. recordo-me de subir a pé , de mãos dadas aos meus pais ou aos meus irmãos até ao Alto da Ajuda onde faziam a festa do Avante. percebia que aquilo era (...)

# doutoramento em coragem

15.05.19 | marina malheiro | comentar
Naquele dia a sala estava incrivelmente vazia. Havia lugar para estacionar. Oito da noite de domingo, um domingo quente, que parecia de Verão. Tu ardias em febre, mal sentias as pernas e envelheceste subitamente dez anos. Irreconhecível. Tal como sempre nos deste a mão (...)

# Do tempo e da distância

05.05.19 | marina malheiro | comentar
 o que é o tempo e a distância que separa as pessoas? parece uma pergunta sem resposta aparente. mesmo com distância há sempre amor e ternura, quer num plano terreno , quer num plano que está para além de tudo o que sabemos e podemos explicar. um fio invisível (...)

# Tempo circadiano

26.03.19 | marina malheiro | comentar
Aprendi há precisamente 3 anos o que é o ritmo circadiano. Não basta correr, caminhar, vários kms por semana, ouvir música zen ou dançar freneticamente, é preciso dormir mesmo, para que não sintamos em situações de stress ao quadrado o coração a galopar na (...)