http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
23 de Fevereiro de 2017

José-Afonso-no-Liceu-António-Enes.jpg

                           José Afonso com os seus alunos em Moçambique in Associação José Afonso.

                          Escute aqui uma das suas  músicas , no dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso. Perdida, algures, muita discografia  de Zeca editada pela editora Movieplay. Espera.-se que seja rapidamente resgatada , a bem de todas as gerações.

Há quem seja Bravo sempre.

A Zeca Afonso.

@mmalheiro 

 

publicado por marina malheiro às 22:39 link do post
21 de Fevereiro de 2017

6797a85662b002483a37a10a71ff1a12.jpg

Está em consulta pública a proposta do novo currículo educativo português.

Sempre que há um novo Governo há mudanças no Ensino mas nem sempre são construtivas. Falta falar com os principais agentes educativos, os professores e os alunos, antes de se conceberem teorias do "eduquês" sem a práxis adequada.

Urge resolver um problema gravíssimo nas escolas portuguesas : a desautorização do professor por parte dos alunos, todas as formas de indisciplina  daí decorrentes. Não basta reduzir o número de alunos por turma, não basta alterar metodologias e estratégias. É necessário ter respeito entre pares, respeito pelos professores, funcionários, diretores, pais. 

Ir ao fundo da questão : o da sociedade em decadência de valores...

[ ao meu professor de Português, António Leitão, à minha professora de Literatura, Ana Hatherly, ao meu professor de Antropologia da Arte, Mesquitella Lima, à minha professora de Jornalismo, Margarida Simões, aos meus professores Artur Anselmo e Rui Zink ]

A Rómulo de Carvalho, professor

A Vergílio Ferreira, professor

A Mário Dionísio, professor

à querida Matilde Rosa Araújo, professora

a Zeca Afonso, professor

@mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 21:58 link do post
08 de Janeiro de 2017

8e8aa449806f0645e757ea31189368e6.jpg                                  Av. Marginal, s/d

                                  [ em dias de partida de lutadores anti-fascistas- também ontem nos deixou um dos heróis da fuga histórica de 4 de dezembro de 1961, do Forte de Caxias.

                                  Tal como Mário Soares nos deixa um legado histórico imenso, também este herói, António Tereso, em conjunto com José Magro, Francisco Miguel, Domingos Abrantes, António Gervásio, Guilherme de Carvalho, Ilídio Esteves e Rolando Esteves, por terem participado numa fuga quase "cinematográfica" ( dá, de facto, um filme) do Forte de Caxias no Mercedes que Hitler oferecera a Salazar, nos deixa " história pura, viva"  para todos os portugueses, para que saibam que nem sempre  houve Democracia.

                                 Leia tudo sobre esta fuga surpreendente aqui . ( direitos reservados a Alexandre Castro)

                                  @mmalheiro

 

 

publicado por marina malheiro às 17:19 link do post
25 de Abril de 2016

13105811_1017418971680495_1519836827_o.jpg

                                 Bandeira de Portugal da Chaimite de Associação 25 de Abril.

                                  Desde que me conheço que ouço a palavra Abril. Nasci praticamente um ano depois mas tive a felicidade de ter pais interventivos, ávidos leitores de livros proibidos e não só, ávidos leitores de literatura e de política e  de irmãos que me fizeram gostar de música e me deram colo.

No 1º de maio de 1977 ia ao colo do meu pai. Depois durante anos fui à festa do Avante, como um ritual.

Mais tarde fiz parte da "geração rasca" , participando em inúmeras manifestações enquanto estudante e depois como trabalhadora. Desci sempre a Avenida, acompanhada por colegas e amigos queridos, alguns que deixaram saudades ,pois viviam este dia em pleno. Aprendi muito com eles.

Hoje desci a Avenida com o meu filho pela mão, atrás da Chaimite da Associação 25 de Abril.

Sem me aperceber já estava a gritar palavras de ordem e a cantar o "Grândola". O tempo encarrega-se de passar legados. Foi hoje o dia.

@mmalheiro

ao meu filho Manel

[a Arminda Palma e Luís Santos, in memoriam]

 

publicado por marina malheiro às 21:03 link do post
23 de Fevereiro de 2016

16327217219f2985253a74fe25ecf416.jpg

via Pinterest.

https://www.youtube.com/watch?v=DrU-3FCB5Sk Zeca Afonso, Quanto é doce ( todos os direitos reservados a herdeiros de Zeca Afonso)

no dia em que foi aprovado o OE2016, pense-se também nas crianças, nos filhos dos professores, muitos deslocados do seu local de residência, outros a lecionar em contra-horário ao dos filhos.

Uma medida social importante - a da criação de creches ou locais de apoio com turnos, como os que existem nas creches noturnas, (algumas que existem pelo país) para os filhos dos professores.

@mmalheiro

[às crianças ]

 

 

publicado por marina malheiro às 22:12 link do post
05 de Novembro de 2015

                       Bisada neste Blog- aqui na versão estúdio- Sétima Legião - Cantigas do Maio ( todos os direitos reservados a Sétima Legião e a Zeca Afonso).

                      A linguagem mais universal de todas é a Música. Todos a podem ler à sua maneira, mesmo que alguns não a consigam escutar. Inclusiva, terapêutica, capacitadora de aprendizagem e de criatividade e sem necessitar de tradução, nem de palavras.

                      a Oliver Sacks. aos que amam a Música.

                      @mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 21:41 link do post
31 de Janeiro de 2015

 

 O cavaleiro e o anjo, Zeca Afonso

 

a dois amigos especiais, companheiros de uma avenida da liberdade, em dias muito felizes, sempre em luta pelos ideais. 

a A.Palma e a L.Santos 

( in memoriam)

 

publicado por marina malheiro às 21:26 link do post
09 de Dezembro de 2014

Capicua & Zeca Afonso ( Pedras da Calçada), 2013 ( todos os direitos reservados a Capicua)

os despojos do dia mostram  apenas palavreado em inquérito parlamentar daqueles que um dia foram poderosos. na verdade, tudo se resume ao Poder. quem pena? quem tem de facto dias de "prisões económicas preventivas", criadas pela necessidade de restringir, cortar, diminuir salários, reformas, subsídios? quem está sempre sob o jugo económico são os referidos nesta notícia, aqueles sobre quem, por estes dias, se dizia demagogicamente  que são "necessários" porque estamos em crise.

 

"A pobreza é indispensável à riqueza, a riqueza é necessária à pobreza. Esses dois males engendram-se um ao outro e sustentam-se um ao outro. O que é preciso não é melhorar a condição dos pobres, mas acabar com ela". Anatole France

@marinamalheiro

 

publicado por marina malheiro às 22:32 link do post
25 de Abril de 2014

Lisboa, 25 de Abril de 2014 
FOTO MMALHEIRO

 

Zeca Afonso, Utopia

 

nasci quase 1 ano depois de Abril mas aprendi a Amar a Liberdade. Sempre.

 

a todos os que fizeram Abril

a todos que ainda acreditam na Liberdade

aos meus pais

aos meus amigos

ao meu filho

a A.P., a J.A.  in memoriam

 

@marinamalheiro

 

 

 

 

publicado por marina malheiro às 04:26 link do post
29 de Março de 2014



Se os teus olhos se vendessem , Francisco Fanhais, 1975 ( todos os direitos reservados a Francisco Fanhais)


na noite em que se celebraram os 40 anos do 25, Zeca e a liberdade, em concerto longo, houve momentos únicos como o trinado de Luísa Amaro como se Paredes ali estivesse, a variação magnífica do maestro António Vitorino de Almeida do tema de Grândola tocado a 4 mãos com outro pianista ( numa magnífica improvisação e "loucura musical") e,

                                                                                    na voz de Francisco Fanhais esteve ,

de modo arrepiante e emotivo,

Zeca Afonso.


@marinamalheiro

publicado por marina malheiro às 04:08 link do post
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Mensagens
Tracker
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO