http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
09 de Fevereiro de 2017

                        all rights reserved to Philip Glass

- o que é um trabalhador precário? um professor com mais de 10 anos de contratos de trabalho , mais de 15 anos, mais de 18 anos, 20 anos de trabalho, que percorre ano após ano, um novo local de trabalho, em permanente instabilidade.

- o que é alguém precário de decisões? todos os que têm pequenos poderes nas mãos.

tudo muito errado na contratação definitiva de um funcionário público da área "intelectual", o professor, e na legislação que o abarca. tudo muito precário, errado e profundamente injusto.

@mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 16:20 link do post
21 de Janeiro de 2017

d5b4ce16d5a7035e70b415b3abaed916.jpg                                   Traje de  Lavradeira, Viana do Castelo, Minho

                                  Dias de extrema relatividade de caminhos : se uns se preocupam com a tomada de posse de um magnata que não tem a noção do que é a democracia e o Estado, outros preocupam-se com contratos de trabalho definitivos, sem termo certo. É o caso dos professores que incorporam em si, claramente, o mito de Sísifo:

-todos os anos na subida para mais um posto de trabalho, mais uma escola a kms de casa, com contratos precários de meses, ou de um ano completo. Deparo-me agora com colegas que substituem outros semanalmente.

Algo está muito errado, muito errado na legislação da contratação de professores.

No momento em que tanto Fenprof como Fne recusaram esta nova proposta de vinculação extraordinária de professores que deixa de fora milhares de professores com 10 anos ou mais de serviço: professores que tiveram o azar de não ter horários anuais completos, professores que terminaram contratos em vésperas de Natal ( com ceias muito amargas) em tempos de Bolsas de Contratação de Escola, que lecionaram à noite com filhos de berço, que cumpriram o dever em prol do "é pelo sonho que vamos" de Sebastião da Gama, cumpre repensar e justamente, de acordo com a Lei Geral do Trabalho e de acordo com o que legisla a Comissão Europeia, abrir lugares de quadro a partir dos 3 anos de serviço como qualquer funcionário público.

Marina Malheiro, professora contratada em pleno 18º ano de contratação.

 

@mmalheiro

 

 

publicado por marina malheiro às 10:50 link do post
23 de Fevereiro de 2016

16327217219f2985253a74fe25ecf416.jpg

via Pinterest.

https://www.youtube.com/watch?v=DrU-3FCB5Sk Zeca Afonso, Quanto é doce ( todos os direitos reservados a herdeiros de Zeca Afonso)

no dia em que foi aprovado o OE2016, pense-se também nas crianças, nos filhos dos professores, muitos deslocados do seu local de residência, outros a lecionar em contra-horário ao dos filhos.

Uma medida social importante - a da criação de creches ou locais de apoio com turnos, como os que existem nas creches noturnas, (algumas que existem pelo país) para os filhos dos professores.

@mmalheiro

[às crianças ]

 

 

publicado por marina malheiro às 22:12 link do post
18 de Fevereiro de 2016

3d5fb27b1e102c31da7504cc0169d2a4.gifhoje é um dia histórico para milhares de professores contratados portugueses.por isto. 

resistir é vencer ( claramente.)

                                             

                                          José Mário Branco - Aqui Dentro de Casa ( todos os direitos reservados a José Mário Branco)                             [ aos professores contratados sempre a tornarem viagem, ano após ano]

 

                                          @mmalheiro

publicado por marina malheiro às 19:47 link do post
18 de Novembro de 2015

Atualmente escreve-se muito "de cátedra", num incrível terrorismo de palavras, quer nos Media, quer nas Redes Sociais.

Tornam-se entendiantes os "terroristas da cátedra e das palavras". Precisarão de muita Filosofia, da pura e de vida, para escreverem com "conhecimento de causa", assente em dados, no terreno e no conhecimento.

Uns não precisam de estudar nas Universidades, estudam toda a vida e têm uma sabedoria única como era o caso de  José Saramago.

"Tanto barulho para nada" e o mais importante é isto- sobre Paris e as crianças. (all rights reserved to the NYTIMES). Também em Portugal os professores estão a explicar às crianças o que aconteceu em Paris.

 

Escute aqui os magníficos músicos Ravi Shankar e George Harrison . 

[CARPE DIEM]

Liberté, toujours.

@mmalheiro

 

 

 

 

publicado por marina malheiro às 16:24 link do post
23 de Setembro de 2015

Em tempo de campanha eleitoral parece que há determinados setores que foram esquecidos como é o caso da Educação. Esquecidos estão milhares de professores. Para variar. Medidas avulsas aprovadas em final de mandato sem exequibilidade e sem razoabilidade. ...

Neste texto excelente do Professor Santana Castilho, publicado hoje no jornal "Público" está a verdade que tem de ser lida e pensada por todos os que andam em campanha eleitoral. (afinal os professores são muitos muitos eleitores...)

1b18a77b33ecc09d6720038afe2b7bbf.jpg

             in wim.wenders.com /Tanztheater Wuppertal Pina Bausch/ Via Pinterest

            escute aqui os "velhinhos" (?) A-ha em edição remasterizada de 2015 ( Take on me- in Hunting high and Low)-               all rights reserved to A-ha.

            @mmalheiro

publicado por marina malheiro às 17:39 link do post
11 de Maio de 2015

6487c505700134542aff351080e198e8 (1).jpg

                                                             dancersaretheathletesofgod.tumblr.com

                                                 [ em dias em que a responsabilidade e a gestão da emoção alheia recai sobre os                                                           ombros. tudo tão mais fácil se houvesse um tempo lento lá dentro ou alguém                                                      que ensinasse a torná-lo lento.] mmalheiro

https://www.youtube.com/watch?v=OQM5-Ks64is Groove Armada

 

 

publicado por marina malheiro às 19:19 link do post
11 de Outubro de 2014

b85fce8badf76efdd8e44cb2a6a2afb3.jpg

 

                                                  Foto robert doisneau ( todos os direitos reservados a R.Doisneau)

                                                 considerar-se cada pessoa como um número que se pode mover como uma peça de xadrez num tabuleiro, continua a dominar caminhos de vida. aberto, sangrando, o erro. para quem tem  a vida compartimentada em imbecilidades, um erro com efeito dominó na vida de milhares representa apenas uma percentagem de 2% e um pretérito perfeito simples. segue-se um teorema de arrogância.  zeros claramente à esquerda. até quando .?

https://www.youtube.com/watch?v=3Z10bP9hl1k The Beatles, A day in the life

@marinamalheiro

 

 

 

 

 

publicado por marina malheiro às 22:50 link do post
14 de Setembro de 2014

Mais uma vez a vida de milhares reduzida a um número, a uma fórmula matemática. Quando é que milhares, milhões, serão considerados mais do que números em fórmulas de matemática? Revoltante quando a fórmula está errada e o que é jogado é a vida. A que preço?

 

Leia e perceba mais sobre fórmulas matemáticas erradas na vida de milhares de professores portugueses. 

 

http://anvpc.org/erro-na-formula-matematica-aplicada-na-colocacao-de-professores-por-fernando-zamith-docente-do-ensino-superior-universidade-do-porto/

 

Marillion, He know, You know (1982) todos os direitos reservados aos Marillion
@marinamalheiro
publicado por marina malheiro às 20:58 link do post
04 de Setembro de 2014

Novamente a palavra, a boa palavra dos outros, neste caso sobre os professores contratados portugueses que, todos os anos, veem a sua dignidade posta à prova, como se fossem números descartáveis do Sistema. "Transitórios", "impermanentes"há 10, 15, 20 anos, em clara ilegalidade em matéria do Direito do Trabalho...

Mas também todos os professores QZP, horários zero, QE.

 

Por detrás de um número de graduação está um professor com vida,família e um caminho profissional.Milhares de professores continuam o seu caminho, resilientes.

 

Mais uma vez os números na contabilidade social de um país.

 

Aqui fica o link direto do excelente texto de Joaquim Jorge "Ser professor passou de profissão digna a humilhante"[ todos os direitos reservados], publicado hoje no seu Blog- Clube de Pensadores Joaquim Jorge-. Bem-haja!

 

Aos professores.

 

 
ao magnífico José Mário Branco
 
Canto dos Torna- Viagem ( todos os direitos reservados a José Mário Branco)
 
@marinamalheiro

 

 

 

 

 

 

publicado por marina malheiro às 18:45 link do post
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Mensagens
Tracker
Posts mais comentados
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO