http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
09 de Novembro de 2017

235470cab11ea7f622b679965ed7dc2c.gif

Via Pinterest

Esta imagem poderia ser o paradigma da disfuncionalidade de um país, neste caso, de Portugal.

Estamos em semana de Websumits, gostamos muito de empreender, de criar Startup's, de ter ideias luminosas para a criação de empresas. Ter ideias, sim, mas aplicá-las na prática? 

Há anos, o Prof. Mariano Gago criou o Simplex, numa tentativa de modernização dos serviços, de agilização dos procedimentos , para que atos da vida quotidiana do cidadão e das empresas fossem mais céleres e eficazes.

Estamos, no entanto, longe da celeridade , ainda numa cultura do velho mata-borrão e do dedo de plástico com que os antigos funcionários públicos folheavam páginas.

É o cidadão que se apercebe das falhas do sistema e alerta o serviço. Não o oposto.

É o cidadão que, apesar de viver no mundo dos Websumits, tem de se deslocar presencialmente quer a lojas do cidadão ou repartições de finanças, para corrigir os erros dos funcionários.

A culpa do erro recai, então, sobre o cidadão que, enfim, "não viu bem" ou " não explicou bem".

Num dos serviços falhos de um sistema nada Simplex havia ontem , só relativo ao mês de novembro, 124 queixas.

Talvez os cidadãos tenham de recorrer permanentemente ao Livro de Reclamações, alertando assim os serviços sobre a  sua incompetência. Haverá talvez muitos episódios do programa "E se fosse consigo"...

Infelizmente é por isto que levam entes queridos de velórios para autópsias que deviam ter sido feitas previamente, é por isto que ardem terras, casas, morrem gentes no interior do país, sistemas de telecomunicações falham e cabos de telecomunicações no solo ardem em incêndios. É por este laxismo.

@mmalheiro

 

 

 

publicado por marina malheiro às 08:26 link do post
26 de Agosto de 2017

sem nome.png                                                       Bansky.

                             Basta ler hoje esta notícia no DN para se ter a noção de como há ainda erros ministeriais mais do que Cratos na atual geringonça educativa.

Não é preciso um exercício labiríntico , decadente e pedagogica e socialmente atrasado  como o dos livrinhos infantis que "pulularam " nas redes esta semana, para se compreender a gestão incompetente da vida alheia de uns funcionários sempre mal vistos, os professores.

@mmalheiro

 

 

publicado por marina malheiro às 10:21 link do post
07 de Agosto de 2017

deux3 (1).gif

 

escute esta magnífica versão jazzística do original de Sérgio Godinho - "A noite passada" por Lena d'Água. 

( todos os direitos reservados a Lena d'Água e Sérgio Godinho)

"estavas do outro lado a tricotar janelas
vias-me em segredo ao debruçar-te nelas
cheguei-me a ti disse baixinho "olá",
toquei-te no ombro e a marca ficou lá (...)".

( ó senhores dos festivais de Jazz e rock coloquem esta voz e banda nos vossos espetáculos)

@mmalheiro

 

 

publicado por marina malheiro às 00:08 link do post
25 de Julho de 2017

31243df4206ec935a5419e03ee211267.gif

Escute aqui os vencedores do Cabreira Rock 2017, os RARA. ( todos os direitos reservados aos RARA / direitos televisivos da vieiradominho.tv)

"Ai eu estou que nem posso!"

Parabéns aos RARA.!

À Andreia Carreiras.

publicado por marina malheiro às 21:20 link do post
16 de Julho de 2017

6cffca81986436bfa60f83a18c95bf9d (1).jpg

Winslow Homer, Boys wading, 1873, via Pinterest

 Escute aqui através da língua franca mais universal, a música, os excelentes músicos portugueses e brasileiros, os

Língua Franca que são muito "à pampa"e têm muita "atitude", e que foram um sucesso no SBSR 2017.

( todos os direitos reservados aos Língua Franca).

@mmalheiro

publicado por marina malheiro às 10:23 link do post
05 de Julho de 2017

 

 

 

 

 

 

 

3f06d6370c2bee910ba1c0d898cd66b2.jpg

Imagem da Construção da Ponte 25 de Abril

(Imagem via Pinterest)

Até  ao dia 17 de junho , o país viveu numa bolha de ilusão parecendo que todos os setores do Estado estavam a funcionar perfeitamente, até ao dia 17 de junho , um dia trágico para 64 pessoas e para os familiares e amigos que as perderam em Pedrógão Grande.

Fosse ou não um fenómeno de "downbursting" ou incêndio convectivo, para qualquer leigo o que ressalta é que os meios não estavam preparados para uma situação de emergência , não estavam preparados para uma resposta imediata e eficaz. Tal como há dias  em que tudo estava em modo "entrada livre" ,sem vigilância, em Tancos. 

Portanto, há ainda muito para construir e organizar ,de forma precisa, ao detalhe, em Portugal, para que não nos equiparem a um país terceiro-mundista pelos piores motivos, sem surpresas.

"Arte sincera, política sincera, amor sincero... E o que isto é, explicado por um dicionário! O sábio que disse que os músculos da laringe é que pensavam, disse bem. São eles, na verdade, que pensam e articulam as palavras. O pior é o que permanece inexprimível na alma de cada um.", Miguel Torga, 1948

Radiohead, No surprises in Ok Computer (1997) ( all rights reserved to Radiohead)

@MMALHEIRO

 

 

publicado por marina malheiro às 11:44 link do post
25 de Junho de 2017

Não é um problema novo, o do desgaste dos professores com horários cada vez maiores na escola, com crescente burocracia e, infelizmente, crescente desumanização face à sua condição física e psicológica.

Hoje o jornal "Público" coloca em manchete esta notícia que revolta qualquer professor e que deve revoltar qualquer cidadão, pois pode acontecer noutras profissões.

No entanto, esta desumanização não deve, não pode acontecer, Sr. Ministro.

Professores com doenças oncológicas , com doenças degenerativas, a quem é atribuído apenas 20% de incapacidade?! , quer efetivos, quer contratados. Professores com Alzheimer considerados aptos para trabalhar?!

@mmalheiro

ao meu professor de Português, António Leitão, em memória.

publicado por marina malheiro às 10:53 link do post
15 de Maio de 2017

12dd5f834168a5b88785900799a639e8.jpg

Sail by Peter Wileman FROI RSMA FRSA

Desde sábado, dia 13 de maio, que o país rejubila espiritual, desportiva e musicalmente. Claro que há vozes dissonantes, pseudo-intelectuais e "velhos do Restelo" que nem sequer se deram ao trabalho de escutar. Simples, escutar.

Pela primeira vez vencemos o festival da Eurovisão graças ao talento de dois irmãos, Salvador e Luísa Sobral, com pontuação máxima do júri e do televoto.

Sigo há muito o percurso de Luísa Sobral , tendo "religiosamente" guardado o primeiro CD, riscadíssimo de tanto tocar.

Magnífica , fresca e jazzy, Luísa Sobral.

Salvador foi uma excelente surpresa, diferente do habitual num festival a que não assistia há muitos, muitos anos. 

São, de facto, ambos excelentes. Se Sassetti fosse vivo bateria certamente palmas, dado que Salvador tem aquela humildade e despretensiosimo que Sassetti tinha. Bravo.!

Escute aqui em diferentes registos de Jazz, os irmãos Salvador e Luísa Sobral.

Sentimos , de facto, a música e as palavras, sem fogos de artifício  e com grande simplicidade melódica.

 

músicas - You 'de be so nice to come home to, Salvador Sobral ( todos os direitos reservados a Salvador Sobral)

2º ensaio para o Festival em Kiev a 4 de Maio - "Amar pelos dois"- Luísa Sobral ( todos os direitos reservados a Luísa Sobral).

 

@mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 18:14 link do post
12 de Maio de 2017

Ontem um comentador dizia na televisão que a crença no milagre representa a possibilidade na impossibilidade de algo ser exequível.

Milhares hoje em Fátima para receber o Papa mais humanista do século XXI, o Papa Francisco.

Mesmo que não se seja crente de forma absoluta, ou  se acredite que ocorrem coisas que não são explicáveis e de que existe algo mas não se sabe o que é . não deixa de ser espantoso e admirável este homem, franciscano, defensor dos pobres, das crianças, das mulheres e de todos os indefesos.

Respeitando todos aqueles que acreditam e caminharam, impressionantemente, dias pelas estradas de Portugal fora, fica aqui uma foto de Francisco no Colégio Salesiano em 1948, com 12 anos e a música de Gardel.

Jorge_Mario_Bergoglio_attended_a_salesian_school_b

 @mmalheiro

publicado por marina malheiro às 19:09 link do post
20 de Abril de 2017

 

Infelizmente o caso da morte de uma jovem por sarampo, esta semana, levantou dedos acusadores para os pais sem o verdadeiro e total apuramento dos factos.: o tratamento para uma doença com imunosupressores deixou-lhe as defesas em baixo, para além de ter tido um choque anafilático com 12 meses ( aquando a primeira toma da vacina do sarampo).

Serviu infelizmente para vender jornais e fazer manchetes e lançou o debate sobre a vacinação nacional obrigatória. Os nascidos depois de 1974 foram verificar boletins de vacinas dos próprios e dos filhos. Os primeiros foram vacinados à nascença ou tiveram a doença como consta na última página do boletim velhinho.,com carimbo do SNS.

A DGS emitiu comunicados para as escolas. Existe a Educação para a Saúde mas, sobretudo, deve haver mais ética e menos julgamento prévio perante casos tão tristes como este. 

à jovem de Sintra.

@mmalheiro

publicado por marina malheiro às 14:02 link do post
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Mensagens
Tracker
Posts mais comentados
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO