http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
27 de Outubro de 2015

8672c919b6d35b60d443cd841cf0c91e.jpg

 Tango por Pablo Caro in Flickr - via Pinterest.

-------no dia em que se homenageia Lou Reed , deixo aqui a versão excelente dos Siouxie do original dos Velvet Undergroud..- bisadíssima neste Blog.

A todas as festas futuras -pois a vida é também uma festa [Hemingway]

publicado por marina malheiro às 20:47 link do post
21 de Outubro de 2015

b8978db229d518ddd3f5337e6ec6b794.jpg

                      # Kairós- em grego antigo, designa o momento oportuno, perfeito ou crucial de acerto fugaz entre o tempo e o espaço. Escute aqui esta versão excelente de Eletric Dreams que supera e muito (!) a dos Human League- todos os direitos reservados a David Fonseca e Festival Sudoeste 2008 .

                                    @mmalheiro

publicado por marina malheiro às 23:08 link do post
05 de Dezembro de 2014

4fcc77462bd4eb69c2e4d60535b6d2bb.jpg

  https://www.youtube.com/watch?v=zLmrsXxAQYk  Perfume Genius, No Good, 2014

@marinamalheiro

em dias de aprendizagem

publicado por marina malheiro às 14:25 link do post
24 de Agosto de 2014

 

                                                                                   Hemingway em Paris , via Pintarest ( Michelle Klein)

 

                                                                                   " (...) Hemingway e Bruce olharam para o grupo que os seguia, fizeram uma contagem por alto e responderam que desejavam cinquenta martinis. (...) No entanto, nem toda a gente andava pelas ruas a saborear uma nova era de liberdade. Através de uma janela aberta, o padre Boegner viu uma vizinha, uma senhora de idade, sentada à mesa a fazer uma paciência, exatamente o mesmo que fazia todos os serões". Beevor, Antony, Paris após a libertação, 2ª edição, Bertrand Editora, 2011, pp. 68-69 ( no dia da libertação de Paris, 25 de Agosto de 1944)

https://www.youtube.com/watch?v=zRQZrTFZsAc&index=10&list=PL66DED9387D10701E

 

Rui Veloso, A gente não lê, in Fora de Moda ( todos os direitos reservados a Rui Veloso)

 

@marinamalheiro

                                                                               

publicado por marina malheiro às 00:15 link do post
02 de Abril de 2014

Pond, Hobo Rockett (2013)
ouça os Pond - último álbum de 2013- enquanto o Jazzística faz um intervalo nas palavras , por uns tempos.
Ernest Hemingway
Obrigada por ler o Jazzística. Muita escrita e música em arquivo para pesquisar.
@marinamalheiro
publicado por marina malheiro às 10:53 link do post
22 de Fevereiro de 2014



James Taylor, James Taylor (Greatest Hits), 1976


coleciona-se músicas intemporais   e , talvez, se vá "arquivando" o conhecimento que se procura, depurando cada vez mais a curiosidade.


deste modo, para além do magnífico Project Gutenberg, encontra-se ,por mero acaso, esta magnífica coleção, para ler e explorar .


aos meus irmãos 


@marinamalheiro


publicado por marina malheiro às 21:02 link do post
21 de Fevereiro de 2014

 

                          Hemingway, 1918, Itália- . in http://www.vintag.es/2014/01/hemingway-in-italy-1918.html

 

Há fotos únicas. Esta é uma delas, no ano em que se comemoram os 100 anos da 1ª guerra mundial.

 

Lembrou-me o Adeus às Armas, cujo filme é um clássico : 

"Aos que trazem muita coragem a este mundo, o mundo quebra a cada um deles e alguns ficam mais fortes nos lugares quebrados. Mas aos que não se deixam quebrar, o mundo mata-os. Mata os muito bons, os muito meigos, os muito bravos – indiferentemente.
Se não pertenceis a nenhuma dessas categorias morrereis da mesma maneira, mas então não haverá pressa alguma em matá-lo".

 

in Adeus às Armas, Hemingway

 

 

                                                                    Billie Holiday, When you are smiling (  autores Fisher, Goodwin, Shay)

 

                                                                        ao grande escritor Ernest Hemingway

 

                                                                     @marinamalheiro

publicado por marina malheiro às 23:15 link do post
17 de Dezembro de 2013

 

                                                                                       

                                                                                       Hans Hoffman

 

                                           Desafia o Sapo. Blogs sobre os Livros marcantes em 2013.

São livros antigos os de um ano,mais de escutas, do que de leituras novas. Marcantes livros antigos com histórias sempre perenes. Se calhar quando os relemos são novos? Ou haverá uma nova leitura consoante o peso dos anos ou da vida em nós? Por isso, eterno o Desassossego de Bernardo Soares, que me levou a pensar que músicas ouviria talvez o mais pessoano dos heterónimos, e que a sua filosofia de vida é, de facto, intemporal. Viveremos em desassossego permanente?

E os olhos retornam a Barro de Rui Nunes, sempre, pois somos construção ou (re) construção continuada :"O mundo começava com uma chegada , que era uma partida. Com uma viagem. É ali: lugar a que mais tarde viria a dar um nome."

Relê-se também um escritor com uma mestria  limpa, magnífica:Hemingway ( Paris é uma festa) para aprender a moldar as palavras como barro, dançar e amar a vida.

 

 

 

                                                                                                       @marinamalheiro

 

                                            " (...) Ah, compreendo! O patrão Vasques é a Vida. A Vida, monótona e necessária, mandante e desconhecida. Este homem banal representa a banalidade da Vida. Ele é tudo para mim, por fora, porque a Vida é tudo para mim por fora"

                                                                            9, in o Livro do Desassossego, Bernardo Soares

 

 

 

 

publicado por marina malheiro às 23:53 link do post
02 de Agosto de 2013

Leia aqui o meu último artigo na revista Obvious- dedicado a Hemingway, Caeiro e Jung.

 

@marinamalheiro

 

publicado por marina malheiro às 19:02 link do post
29 de Julho de 2013

 

Pintura Brent Linch via La musica in Testa


(...) quando duas pessoas se amam, são felizes e alegres e quando uma delas está a produzir obra válida, os outros são atraídos para elas com tamanha força como as aves migradoras são atraídas à noite por um farol poderoso. Se essas duas pessoas forem tão fortes como o tal farol, pouco prejuízo haverá , a não ser para as aves. Os que atraem as pessoas com a sua felicidade e as suas realizações são, por via de regra, criaturas inexperientes. (...) Mas Paris era assim nos velhos tempos em que nós éramos muito pobres e muito felizes. "

 

Paris é uma festa , Hemingway (V. Motta, tradução) - ( Epílogo).

 

http://www.youtube.com/watch?v=4ir-MIVEcFY

 

 

The National , This is the last time ( com ST. Vincent), 5 /07/2013

 

@marinamalheiro



publicado por marina malheiro às 17:36 link do post
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Mensagens
Tracker
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO