http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
07 de Outubro de 2017

3d0c3eb1db7b00a132ae8203c1a77f0c.gif

via Pinterest

Vivemos numa era que alguns teóricos apelidaram de vazio. Na verdade, talvez seja a era da descartabilidade. Tudo serve para usar e deitar fora-  emoções, pensamento, informação, pessoas - como se isso fosse um imperativo categórico. É preocupante que assim seja. Para onde caminha a vida dos nossos e daqueles que hão-de vir ?

Tornou-se notícia habitual dos jornais o abandono e mau trato de idosos por parte não só de desconhecidos que irrompem pelas suas casas adentro para os roubarem e violentarem brutalmente, mas também por parte dos próprios familiares que os depositam em lares ou que, pura e simplesmente, os deixam entregues a si próprios, em solidão permanente. 

Descartáveis, os velhos ou os idosos ( palavra institucional) na sociedade atual. Estranho este conceito. 

Quando nos toca a nós, em particular, aprendemos que, de facto, deixamos de ser filhos para sermos pais dos nossos, cuidando deles o melhor que podemos, havendo, no entanto, a clara noção da impotência perante as doenças que lhes vão sugando a energia e o ânimo. Amor, carinho, atenção, apoio não são palavras vãs e sem lastro nesta dimensão. Não podem nem devem ser.

Os que optam pela via da descartabilidade vão aperceber-se ( tarde) que chegaram ( também) ao fim da linha absolutamente sós.

Votos para que o trinado dos nossos se perpetue . ( all rights reserved to Prince)

@mmalheiro

aos meus pais.

 

 

publicado por marina malheiro às 06:40 link do post
20 de Setembro de 2017

8d8b2565a187f7a6b879396467f2da4c.giftu que passas a vida em mágoas , rancores e azedumes

tu que gritas com os outros pois não sabes caminhar em pontas pela vida fora

já é tempo de te confessares em dívida de ternura e bondade para com os outros:

uma dívida sem aulas de meditação e sem revivalismos new age ,  que parte aí de dentro;

lisa, transparente e pura. ser-te-á difícil alcançá-la?

@mmalheiro

 

 

 

publicado por marina malheiro às 19:21 link do post
21 de Maio de 2017

665dcbce7cd969b97b0af479a303936b.jpg

Foto  via Pinterest

[ pode-se questionar tudo: o inexplicável, os acasos, aquela doença que é um azar tremendo para muitos ( por que raio não a extinguem de vez?), as ninhariazinhas com que se debatem muitos diariamente na sua coexistência com os outros e que são resto zero na matemática final ( pura estupidez!), a fome, a guerra, as atrocidades diárias, a violência gratuita, as desigualdades sociais, etc, etc.

Pode-se questionar tudo, menos de que a vida é de algum modo, circular e nos coloca sem nos apercebermos novamente na "casa da partida" de um qualquer jogo de tabuleiro. Desta vez, não é preciso comprar nada, nem o "Rossio".]

music by Beach House , 2017- via BeachHouseVideoZone ( all rights reserved to Beach House)

@mmalheiro

ao ZT

ao Manel

 

 

publicado por marina malheiro às 19:10 link do post
12 de Março de 2017

da1afa931dc2945706d4aa6313f5eae0.jpg

                                                              Ilustração Anatómica antiga via Pinterest.

[ em tempos de intervalo para anúncios , o coração bate no peito em contagem auricular sincopada, sem pressa. em redor, os corações envelhecidos batem lentamente e abraçam tempos diferentes. todos no mesmo grupo, apesar das distâncias cronológicas. Passada a 5/3 ,  com o ritmo desta música.]

aos meus pais.

@mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 20:09 link do post
05 de Março de 2017

7aebf5d5852218796d2b2848a7bc335d.jpg

                                     Foto via Pinterest.

                                  [ No dia em que Patrícia Mamona se sagrou Vice-campeã do Campeonato da Europa de Pista Coberta 2017].

[Para se realizar um triplo salto pela vida é necessária também uma corrida de impulso, uma chamada realizada com um movimento de "patada" . O ângulo de saída pelo tempo que nos abraça é variável , tal como é variável o "voo" que fazemos nas decisões que tomamos, corrigindo o equilíbrio e colocando o centro de gravidade no lugar.] Fazer triplos saltos a par é, de facto, o exercício mais desafiante e ambíguo de todos mas há quem leve a taça.

@mmalheiro

 

 

                            

 

publicado por marina malheiro às 00:29 link do post
01 de Março de 2017

f68eac32bda4e5c10d427697e0f36419.jpg

                                                                Helena Almeida/ Abraço.

[ Aprender todos os dias : "Temos, sobretudo, de aprender duas coisas: aprender o extraordinário que é o mundo e aprender a ser bastante largo por dentro, para o mundo todo poder entrar." Agostinho da Silva.]

                                                              [ tu estás livre e eu estou livre] ( feat. Tiago Bettencourt- todos os direitos reservados a António Variações e Tiago Bettencourt).

                                                              @mmalheiro

 

 

publicado por marina malheiro às 20:55 link do post
21 de Fevereiro de 2017

6797a85662b002483a37a10a71ff1a12.jpg

Está em consulta pública a proposta do novo currículo educativo português.

Sempre que há um novo Governo há mudanças no Ensino mas nem sempre são construtivas. Falta falar com os principais agentes educativos, os professores e os alunos, antes de se conceberem teorias do "eduquês" sem a práxis adequada.

Urge resolver um problema gravíssimo nas escolas portuguesas : a desautorização do professor por parte dos alunos, todas as formas de indisciplina  daí decorrentes. Não basta reduzir o número de alunos por turma, não basta alterar metodologias e estratégias. É necessário ter respeito entre pares, respeito pelos professores, funcionários, diretores, pais. 

Ir ao fundo da questão : o da sociedade em decadência de valores...

[ ao meu professor de Português, António Leitão, à minha professora de Literatura, Ana Hatherly, ao meu professor de Antropologia da Arte, Mesquitella Lima, à minha professora de Jornalismo, Margarida Simões, aos meus professores Artur Anselmo e Rui Zink ]

A Rómulo de Carvalho, professor

A Vergílio Ferreira, professor

A Mário Dionísio, professor

à querida Matilde Rosa Araújo, professora

a Zeca Afonso, professor

@mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 21:58 link do post
19 de Fevereiro de 2017

eae0acce5b5d213821d41ab125d839cb.gif                        aos Fleetwood Mac - escute aqui a versão de 2017 de Seven Wonders. ( all rights reserved to Fleetwood Mac).

                        @mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 20:17 link do post
11 de Fevereiro de 2017

39ec569ea36e1bd115b4784242ddac45.jpg                                          foto via Pinterest.

                                        [ no dia em que é divulgado o documento que estabelece as dez áreas de competências que integram o perfil do aluno até ao 12º ano. Espera-se que o espaço ( já diminuto) nas salas de aula com turmas enormes aumente. Construam-se anfiteatros.... Até lá é uma questão de ginástica, flexibilidade com "flic/ flacs"

Enfim, é tão necessária a Educação para os Valores e para a Democracia que o Programa Pestalozzi estabelece, formando docentes para esta práxis. ]

@mmalheiro

música - Deolinda ( todos direitos reservados aos Deolinda)

 

 

publicado por marina malheiro às 18:38 link do post
09 de Fevereiro de 2017

                        all rights reserved to Philip Glass

- o que é um trabalhador precário? um professor com mais de 10 anos de contratos de trabalho , mais de 15 anos, mais de 18 anos, 20 anos de trabalho, que percorre ano após ano, um novo local de trabalho, em permanente instabilidade.

- o que é alguém precário de decisões? todos os que têm pequenos poderes nas mãos.

tudo muito errado na contratação definitiva de um funcionário público da área "intelectual", o professor, e na legislação que o abarca. tudo muito precário, errado e profundamente injusto.

@mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 16:20 link do post
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
Mensagens
Tracker
Posts mais comentados
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO