http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
08 de Fevereiro de 2017

Desenho de ilustração anatómica- via Pinteresteabe7ecfb6546266ea61f1dcd9c07217.jpg a Sebastião da Gama, professor de Português.

https://www.youtube.com/watch?v=j79nk0QvxNk

"mas passo dias inteiros a ver os rios passar / (...) rebrilha sempre uma estrela por sobre o meu parapeito (...)

enquanto as almas correrem não sentirei calafrios/ (...)ignorante é que me querem."

@mmalheiro

 

publicado por marina malheiro às 18:56 link do post
22 de Setembro de 2014



Amália cantando em italiano, Tramontana ( todos os direitos reservados a A.Rodrigues)


original de Gianni Pettani ( direitos reservados)


no dia da charcutaria nacional "educativa", ao diretor-mor e assessores de charcutaria


@marinamalheiro
publicado por marina malheiro às 21:02 link do post
04 de Dezembro de 2013

 

Foto da Revista Up/ TAP ( todos os direitos reservados a TAP)

 

"o destino em linha recta / traçado à primeira vista

 

como se nasce poeta/ também se nasce fadista

 

(...) para ficar aprendido / basta cantar-se uma vez

 

(...) o Fado que nós cantamos é sina que nós cumprimos"


http://www.youtube.com/watch?v=uH8TsDdXENA


Fado da Adiça, Amália Rodrigues


ao meu avô António Carreiras que trinava ...


@marinamalheiro

publicado por marina malheiro às 02:23 link do post
02 de Dezembro de 2013

http://www.youtube.com/watch?v=5qSdO4YFcbE

 

Fado Final, Amália ( Letra e Música Feijó Teixeira)

 

 

@marinamalheiro

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

publicado por marina malheiro às 14:00 link do post
23 de Novembro de 2013

 

Rua de S.Bento/ Novembro 2013. Foto MMALHEIRO

 

http://www.youtube.com/watch?v=uY98AwveEas

 

Amália Rodrigues, Coração Independente ( CD2 Remasterizado)

 

1000 posts do Jazzística, 3 anos de escrita de um diário gráfico fotográfico, musical, poético, sem pretensões.

 

Tal como no primeiro escrito, volto a Amália, cuja discografia tão diversa e rica, ainda me encanta. deste modo, homenageio Lisboa e um editor discográfico desaparecido recentemente ,que muito contribuiu para a Música Portuguesa, Rui Valentim de Carvalho.

 

A todos os que amam a Música

 

Obrigada por lerem o Jazzística

 

@marinamalheiro

 

 

publicado por marina malheiro às 12:34 link do post
30 de Setembro de 2013

Amália, Quando se gosta de alguém
"A habilidade específica do político consiste em saber que paixões pode com maior facilidade despertar e como evitar, quando despertas, que sejam nocivas a ele próprio e aos seus aliados. "

Bertrand Russell

em dia de eleições autárquicas

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

@marinamalheiro
publicado por marina malheiro às 00:00 link do post
18 de Setembro de 2012

 

 

Leia se quiser o novo artigo que escrevi na revista online Obvious.

 

Economia, Pessoa e as pessoas

 

 

http://lounge.obviousmag.org/tudo_acaba_em_cancoes/2012/09/-da-inutilidade.html

 

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=c1NCCdI3AII

 

 

Amália, Acho inúteis as palavras.

 

 

 

@marinamalheiro

publicado por marina malheiro às 21:53 link do post
04 de Abril de 2012

Via Artigo 21º /Facebook/ Autoria da concepção desta belíssima imagem(Van Gogh)+texto

http://www.youtube.com/watch?v=uH8TsDdXENA

 

 

Para ti que és fadista , correndo em ti alegria, força e coragem e porque o " fado que nós cantamos é sina que nós cumprimos".

 

Também a sina pode ser transformada em Esperança.

 

A A.P.

 

 

 

 

publicado por marina malheiro às 00:00 link do post
15 de Janeiro de 2012

 

 

Foto da cena " running man" in  2001-Odisseia no Espaço, Kubrick , 1968

 

Depois de ler o excelente artigo de Teresa de Sousa (vale muito a pena lê-lo) " A semana em que o país se viu ao espelho e não gostou" in Público guardam-se estas palavras : "Nenhum país atravessa uma situação como aquela que estamos a viver sem o mínimo de equidade e sem um sentimento de pertença."

 

 

Amália , "Libertação " (David Mourão- Ferreira) ao vivo no Luso ( 1952)

 

Aguardando notícias de mais cortes, despedimentos e de fracos incentivos ao investimento em Portugal...

 

@mmalheiro

publicado por marina malheiro às 18:15 link do post
27 de Novembro de 2011

 

Amália, Libertação (1968) com Don Byas

 

Hoje o Fado foi considerado Património Imaterial da Humanidade. A todos os fadistas, a todos os que acreditaram nesta candidatura, apresentada no dia 30 de Junho de 2009 no Museu do Fado.

 

@mmalheiro

publicado por marina malheiro às 16:31 link do post
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
Mensagens
Tracker
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO