http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
15 de Junho de 2017

tumblr_n4i7gb6B5A1rjledmo1_500.gif

A tragédia do incêndio no  edifício  Grenfell Tower relembra tristemente o 11 de setembro de 2001: a impotência das pessoas diante da fatalidade. Sobreviver foi, de facto, uma questão de sorte perante  uma má gestão da segurança de um edifício público.

Surpreendentes, pais e mães, face ao caos na proteção dos filhos e todos os que procuraram ajudar os vizinhos

( incluindo bombeiros).

Espantosos aqueles como a estudante portuguesa, Inês Alves, 16 anos, que tendo perdido tudo no fogo, se concentrou no estudo para o exame de Físico-Química e o foi fazer, apesar de tudo.

Tudo que foi tanto e que à distância não conseguimos qualificar, de forma nenhuma.

@mmalheiro

publicado por marina malheiro às 19:52 link do post
11 de Março de 2015

11044642_797222597033468_1790660693847372753_n.jpg

 Sintra, Escadinhas do Teixeira ( foto com edição IOS / Marina Malheiro @ direitos reservados / 11 de março de 2015)

ensinaram-me a relativizar os momentos. [ uma verdade de bolso]

pequeninos e relativos os momentos de atraso no trânsito, de acasos burocráticos, de um salto alto partido no passeio, do sistema informático do trabalho ir abaixo, de se perder papéis importantes, de tomadas de decisão pequenas, de impecilhos [ travões para a  vida andar lesta como o carro em velocidade pela Serra].

tudo pequenino e relativo face a dores, a doenças, a perdas irreparáveis; a abraços que já não se podem dar,a conversas que ficam em memória, a beijos perdidos no tempo , a não ter trabalho, à falta de condições materiais. 

[ pretéritos perfeitos]

o que disse o Ministro, o Presidente, o Fulano e Sicrano, o Chefe, o Adjunto e o que almeja a chefia da vida dos outros é relativo ao quadrado. dá resto zero.

[ aproveitar as escadinhas da vida e a expressão de futuro].

https://youtu.be/PaI1sLqFOuE Beck, Change your heart

 

a todos os que têm verdades no bolso

@marinamalheiro

 

publicado por marina malheiro às 19:26 link do post
03 de Junho de 2014

 

                                                                     reflexos ao acaso com música sublime

 

                                                                     https://www.youtube.com/watch?v=wIUsuUsiKb0 S. Van Etten, 2014

 

                                                                     @marinamalheiro

 

                                                                    

publicado por marina malheiro às 00:59 link do post
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
Mensagens
Tracker
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO