http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
09 de Janeiro de 2017

mario_soares_large3.jpg

                                                  Foto de Mário Soares em criança.

                                           Em dias de cerimónias fúnebres de Mário Soares, apercebemo-nos ao ver deslizar a charrete e os batedores pelas ruas de Lisboa, ainda que por breves momentos, na televisão, que este é um momento tocante e histórico. Encerra-se um capítulo da História ainda tão recente ( de uma democracia "jovem", de apenas 42 anos) com a morte de Mário Soares, tal como se havia encerrado com a partida de Álvaro Cunhal. Ambos políticos geniais, homens para além do seu tempo. 

Contudo, fica o seu legado para as jovens gerações. Apercebi-me hoje disto quando um jovem de 13 anos sabia perfeitamente explicar quem fora Mário Soares , com grande detalhe e entusiasmo ou o meu próprio filho me perguntava se havia o filme sobre a fuga do Forte de Caxias (1961), pois achara a história sensacional.

esperança, portanto, Abril continuará.

[ "Disciplinar o Orçamento é bom, mas não é tudo. As pessoas são o mais importante.]

Mário Soares

 

@mmalheiro

 

 

publicado por marina malheiro às 23:35 link do post
25 de Abril de 2016

13105811_1017418971680495_1519836827_o.jpg

                                 Bandeira de Portugal da Chaimite de Associação 25 de Abril.

                                  Desde que me conheço que ouço a palavra Abril. Nasci praticamente um ano depois mas tive a felicidade de ter pais interventivos, ávidos leitores de livros proibidos e não só, ávidos leitores de literatura e de política e  de irmãos que me fizeram gostar de música e me deram colo.

No 1º de maio de 1977 ia ao colo do meu pai. Depois durante anos fui à festa do Avante, como um ritual.

Mais tarde fiz parte da "geração rasca" , participando em inúmeras manifestações enquanto estudante e depois como trabalhadora. Desci sempre a Avenida, acompanhada por colegas e amigos queridos, alguns que deixaram saudades ,pois viviam este dia em pleno. Aprendi muito com eles.

Hoje desci a Avenida com o meu filho pela mão, atrás da Chaimite da Associação 25 de Abril.

Sem me aperceber já estava a gritar palavras de ordem e a cantar o "Grândola". O tempo encarrega-se de passar legados. Foi hoje o dia.

@mmalheiro

ao meu filho Manel

[a Arminda Palma e Luís Santos, in memoriam]

 

publicado por marina malheiro às 21:03 link do post
26 de Abril de 2015

Ontem, em mais um 25 de abril, caminhando em conjunto com milhares pela avenida da Liberdade e com tantos (!) de cravo na mão, foi dia de esperança num Portugal melhor mas também dia de relembrar o passado, o passado do Medo.

O magnífico documentário de Marta Pessoa (O Medo à espreita), exibido ontem no festival IndieLisboa, constitui um documento histórico "vivo" para todas as gerações, as que viveram acossadas com Medo e as que não têm a noção do que é o Medo e a Opressão; a ausência total da Liberdade na sua asseção total do significado na vida diária.

Em conjunto com outros documentários que serão exibidos na RTP por estes dias, este documentário belíssimo consegue ,através de um contraste entre o negro da imagem , a iluminação dos protagonistas

( vítimas da PIDE e lutadores anti-fascistas) e  o congelar das fotografias de arquivo de um Portugal de há mais de 40 anos atrás, um "luar" como o de Stau Monteiro. Um "Acordai" como o de Fernando Lopes-Graça.

Mas, são sobretudo as palavras ditas  e escutadas ( registos da PIDE) e a coragem destes homens e mulheres, que nos fazem pensar como é que isto pôde acontecer e como jamais se deverá repetir.

A sede de Poder é alimento para os Homens e para o consequente domínio dos outros, como animais .

Tal atenta contra os direitos e valores mais fundamentais dos seres humanos e sobre aquilo a que se chama Democracia.

Pela Liberdade deixo a fantástica Sinfonia  para Orquestra (1944) do grande Fernando Lopes-Graça , sem medo.

@MarinaMalheiro

 

publicado por marina malheiro às 12:43 link do post
25 de Abril de 2014

Lisboa, 25 de Abril de 2014 
FOTO MMALHEIRO

 

Zeca Afonso, Utopia

 

nasci quase 1 ano depois de Abril mas aprendi a Amar a Liberdade. Sempre.

 

a todos os que fizeram Abril

a todos que ainda acreditam na Liberdade

aos meus pais

aos meus amigos

ao meu filho

a A.P., a J.A.  in memoriam

 

@marinamalheiro

 

 

 

 

publicado por marina malheiro às 04:26 link do post
21 de Abril de 2014

                                                http://www.gulbenkian.pt/Institucional/pt/Agenda/Eventos/Evento?a=4802

 

                                                amanhã na Gulbenkian.

                                               

                                                https://www.youtube.com/watch?v=AoKoE7RKx2k

 

                                               So long Marianne, cover do original de L. Cohen

"Sem frases de desânimo,
Nem complicações de alma,
Que o teu corpo agora fale,
Presente e seguro do que vale.(...) F. Lopes- Graça, "Firmeza"

 

@marinamalheiro

                                               

publicado por marina malheiro às 16:36 link do post
14 de Abril de 2014

 

 

                                                                                    

                                           A Filipe Gonzalez que hoje na Gulbenkian falou sobre a  Crise, com toda a Verdade, sem floreados. Finalmente.

 

No entanto, apesar de ,provavelmente nos aguardarem mais 10 anos de sacrifícios em prol de uma crise económica, temos de manter viva, em nós, uma esperança, ganha há 40 anos, com Abril. 

 

 

                                                                         

 @marinamalheiro

                                                                         

publicado por marina malheiro às 21:24 link do post
26 de Março de 2014

José Afonso - "Fui á beira do mar" do disco "Eu vou ser como a toupeira" (1972)

"  fui À beira do mar/ ver o que lá havia / (..) aproveita que é dia"

 

 

"Semeio palavras na música. Não tenho pretensões de dar a estas minhas deambulações pela música qualquer outro rótulo."

 

Zeca Afonso

 

via www.aja.pt

 

aguardando o 28 de Março para celebrar Abril e Zeca.

 

@marinamalheiro

 

 

publicado por marina malheiro às 01:02 link do post
18 de Outubro de 2013

 

Ponte 25 de Abril/ Foto tirada na Meia -Maratona de Lisboa 2010 @marinamalheiro

 

Vista a partir do tabuleiro central da 25 de Abril.

 

http://www.youtube.com/watch?v=_zxgNzS7NRA

 

Brigada Vítor Jara, "Ao romper da bela aurora" in Eito Fora

 

------------------------------------a horas da manifestação em plena ponte 25 de Abril----------------------------------------------------------------------

 

 

" gosto de quem canta bem/ que é uma prenda bonita / não empobrece ninguém (..) / muito padece quem ama, mais padece quem namora."

 

@marinamalheiro

 

publicado por marina malheiro às 23:27 link do post
21 de Julho de 2012

 

A Helena Cidade Moura - mentora da alfabetização em Portugal no pós 25 de Abril,  defensora dos ideiais da democracia- que partiu hoje.

 

hoje ficamos mais pobres.

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=3U3XjBXndKE&feature=related

 

Adriano Correia de Oliveira, Lira

 

 

@marinamalheiro

publicado por marina malheiro às 23:40 link do post
25 de Abril de 2012

Este ano o 25 é mais triste

a doença que morde o corpo dos Homens

levou-te de nós

 

Este ano o 25 é mais triste

chuva tem de haver e muita

pela nossa perda

por ti, homem tão livre e atento aos outros,

por ti, sempre com a coragem nas mãos

 

 

Este ano o 25 é mais triste

 

 

 

A Miguel Portas, homem de esquerda e de mãos generosas para os outros

 

@marinamalheiro

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=7ADedu_HsOo

 

MRITA , CHUVA ( TODOS OS DIREITOS RESERVADOS) 

publicado por marina malheiro às 03:59 link do post
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Mensagens
Tracker
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO