http://jazzistica.blogs.sapo.pt
Blog de poesia , música e olhares de Marina Malheiro, aprendiz de poesia
21 de Outubro de 2017

7016fecea7ad3c5c2d3abc3b7524d3d0.jpg

Hiroshi Matsumoto ( all rights reserved)

sempre me fez extrema impressão aqueles que não verbalizam a dor, a sua , ou como dizia Pessoa, a que "leem nos outros". essa frieza incalculável diante da morte, da doença e das agruras dos outros nunca me pareceu normal.

numa "era do vazio" como a que vivemos quando um político está de tal forma "esmagado" pela tragédia que ocorreu no país, denominada por alguns como uma "autêntica guerra " de sul para norte, revelando um país incapaz de lutar contra alterações climáticas, mão humana incendiária e ausência de comunicações, e não verbaliza de forma histeriónica, apercebemo-nos que o sillêncio também é importante.

 isto por oposição a outro político, claramente vencedor das "massas" e que abraça todos, incansavelmente.

onde fica, então, o meio-termo entre a ausência da verbalização e o excesso da mesma?

talvez no estar, em silêncio, nos momentos-chave: um abraço tem mil palavras dentro.

 

a todos as vítimas dos incêndios de 15 de outubro

aos familiares das vítimas 

a todos os que ficaram despojados dos seus bens e do seu trabalho

a Tábua, terra da minha avó

@mmalheiro

publicado por marina malheiro às 12:30 link do post
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
22
23
25
26
27
28
29
30
31
Mensagens
Tracker
Posts mais comentados
12 comentários
4 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
sitemeter
Sitemeter
Wook
Wook
Pensa num Número - www.wook.pt
Facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ainda estou em choque com tamanha tragédia!Os rela...
Melhor que a música, a companhia...
Obrigada pelo teu comentário. Para quem gosta de c...
Pois... não é por snobismo que moro onde moro,é me...
Caro ZT,obrigada pela referência. :)Saudações jazz...
Lembra Black Moth Super Rainbow.Inebriante.
Feel free to blush
Ai que ruborizo :)
Adorei caro Fio de Beque. Obrigada pela partilha. ...
Era esta :D https://youtu.be/XviMAXKvewM
blogs SAPO